Um vigilante da região da Quinta da Boa Vista, parque na zona norte do Rio onde fica o Museu Nacional, entregou na manhã desta terça-feira (4) um documento que escapou do incêndio que destruiu o acervo do museu bicentenário no domingo (2).

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o documento, parcialmente queimado, foi encontrado na segunda (3) a cerca de 200 metros do museu, numa região de gramado do parque próxima a um pequeno lago, à direita do prédio histórico.

O conteúdo da página, escrita em inglês e com mapas cartográficos, indicaria ser oriundo da biblioteca de antropologia, totalmente destruída pelas chamas.

BN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *