A categoria docente da Uneb, em assembleia na manhã desta quinta-feira (21), no Campus de Salvador, deliberou pelo Estado de Greve. A partir de agora as/os professoras/es ficam a um passo da deflagração da greve por tempo indeterminado.

A assembleia também aprovou a paralisação das atividades acadêmicas em todos os campi da Uneb, nesta sexta-feira (22). Para esse dia, os docentes conclamam todo a comunidade acadêmica, dos 24 campi, a participar das manifestações nacionais contra o projeto de reforma da Previdência. Nas cidades em que existam campi da Uneb, mas que não ocorrerão manifestações, a indicação da assembleia é que os docentes façam aulas sobre o impacto da reforma da Previdência na seguridade social dos trabalhadores.

A próxima assembleia, que terá como pauta a deflagração da greve, foi agendada para o dia 4 de abril. (DUNEB)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *