Todo o estoque de vacinas do Hospital Nossa Senhora da Pompeia, administrado pela prefeitura de São Félix, no Recôncavo baiano, foi perdido na última segunda-feira (28) após um curto-circuito atingir a área de refrigeração do espaço. Denúncia recebida pelo Bahia Notícias dá conta de uma “coincidência” dias antes do episódio: o funcionário responsável pela rede de frios, onde são armazenadas as doses de imunização fornecidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS), teve as horas extras cortadas para que fosse gerada uma economia de R$ 200 mensais. O problema elétrico teria ocorrido justamente no período em que ele estava ausente e, devido à demora no reparo, o acervo para um semestre sucumbiu. Contatada pela reportagem, a secretária municipal de Saúde, Maristela Antunes, não soube precisar o impacto financeiro do prejuízo nem a quantidade de medicamentos perdidos, mas assegurou que foi feita a reposição. “Não foi nada gritante, tanto que o material já foi substituído pela 31ª Dires [Diretoria Regional de Saúde]”, relatou. Ela nega a versão do corte de extras para o servidor e diz acreditar na possibilidade de atentado. “Nós tínhamos uma funcionária do Estado e outra do Município e os horários estavam diferenciados. A verdadeira situação foi uma questão política. Como se alguém tivesse desligado o disjuntor, sabe? Pode ter sido alguma maldade”, conjeturou, ao pontuar que a equipe de manutenção foi acionada e o setor afetado já funciona normalmente. Sem ser perguntada sobre ou levantar suspeitas diretas, ela se defendeu ao acusar a “gestão anterior” de “sucatear” o serviço municipal. “Você quer saber a verdade? Eu vou te contar a verdade. Foi deixada a situação elétrica toda irregular. Não tinha médico, nem enfermeiro, nem medicamento, nem material de limpeza. O cenário era terrível. No final da gestão, eles suspenderam tudo na Saúde. Ficou sem funcionar Caps, CEO, posto. Coleta hospitalar? O próprio hospital não fazia o gerenciamento dos seus resíduos. Eram jogados no aterro sanitário. A gente vai tentar, na medida do possível, rever tudo isso”, desabafou Maristela Antunes. Indicada pelo novo prefeito Duda Mendonça (PSB), a secretária substituiu em 1º de janeiro Renato Ato Batista, titular da equipe do ex-gestor Alex Sandro Aleluia de Brito (PRP), que não conseguiu a reeleição.

Fonte: Bahia Notícias

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *