Três mulheres se reuniram e montaram o coletivo de mulheres, em defesa dos direitos da mulher com deficiência. Claudileusa Borges, que é deficiente visual e mora em Santo Antônio de Jesus, Alana Sheila, residente em Vitória da Conquista e Val Oliveira, que mora em Salvador, estão lutando em prol de mais acessibilidade para as mulheres com deficiência em eventos. Claudileusa, que é estudante de Geografia pela UNEB e que integra o Conselho da mulher representando a ASDEV (Associação Santo-antoniense de Deficientes Visuais) e fundadora do Fórum Baiano de Mulheres Cegas e com Baixa Visão, dá detalhes do projeto. Ouça:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *