O Ministério Público promoveu uma reunião em Santo Antônio de Jesus, nesta quarta-feira, 30, com representantes de diversos municípios que integram a rede de atendimento do Hospital e Maternidade Luiz Argolo, a fim de discutir a situação financeira da unidade, especificamente no setor materno infantil.

Em entrevista à reportagem da Rádio Recôncavo, o promotor de Justiça, Dr. Julimar Barreto, disse que esperava um número maior de prefeitos.  A reunião foi positiva porque definiu o rateio das despesas entre os municípios. 

A superintendente da Santa Casa de Misericórdia, Ludmila Reis, informou que o déficit é de R$ 300 mil e que o rateio desse valor entre as prefeituras vai contribuir para a recuperação do hospital. OUÇA OS CITADOS:

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *