Com o objetivo de firmar uma grande parceria em prol do desenvolvimento sustentável do Baixo Sul da Bahia, na segunda-feira, 28, aconteceu uma reunião na sede da regional do Sebrae em Santo Antônio de Jesus. O encontro contou com a presença de representantes do Sebrae Nacional, Sebrae Bahia, da Fundação Odebrecht e de representantes da sociedade civil e do poder público local.

Na reunião, foram expostas as necessidades da Fundação e sugeridas pelo Sebrae ações e especialidades que podem ser agregadas aos setores que a Fundação já atende, a exemplo de assistência técnica, capacitação, consultoria em gestão e acesso a mercados. “Vamos ver como podemos contribuir no empreendedorismo nas escolas, que a Fundação já desenvolve, e em uma série de ações com a Odebrecht”, conta o gerente da Unidade de Desenvolvimento Territorial do Sebrae Nacional, André Espínola.

“Estamos consolidando uma relação que começou há muito tempo entre o Sebrae e a Fundação Odebrecht. Hoje demos um salto muito grande, pois essa parceria terá um efeito sinérgico, não mais em torno de um projeto específico, e sim de um forte programa de desenvolvimento sustentável para a região, respeitando o meio ambiente e a cultura local, fazendo com que os negócios sejam prósperos e gerem emprego e renda”, explica superintendente do Sebrae Bahia, Edival Passos.

O presidente executivo da Fundação Odebrecht, Maurício Medeiros, diz que através de parcerias do porte do Sebrae Nacional e Bahia é possível unir forças e buscar, rumo ao desenvolvimento sustentável, a unidade da família rural brasileira. De acordo com Medeiros, esta precisa se apropriar de conhecimento e ser agente de seu próprio destino, produzindo e gerando riqueza a partir de sua própria força.

“Na medida em que tivermos sinergicamente integrados, vamos conseguir transformar isso em um grande exemplo, não só para a região rural brasileira, mas para o Brasil e para o mundo. E o Sebrae, com toda competência e capacidade, pode nos orientar naquilo que, por ventura, estejamos errando, para moldarmos um projeto regional e definitivamente erradicar da nossa região rural brasileira a falta de esperança, a pobreza, a miséria e o analfabetismo”, ressalta Maurício Medeiros, que também participou da reunião.

Após o encontro, um cronograma foi definido. Segundo André Espínola, o Sebrae Nacional irá fazer um pré-projeto para que no dia 10 de agosto o convênio seja assinado. Na reunião, também esteve presente a diretora executiva do Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia, Liliana leite.

Verena Santana

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *