Professores de 4 universidades estaduais da Bahia estão em greve há vários dias. As demandas, além da questão orçamentária, envolvem direitos trabalhistas e reposição de valores de acordo com a evolução da inflação nos últimos quatro anos. Estão com suas atividades paralisadas professores da Uefs, Uesb, Uneb e Uesc. Em entrevista à Recôncavo FM, o diretor do campus V da UNEB, João Evangelista, falou sobre o movimento grevista. OUÇA:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *