Os advogados da ex-primeira dama do Brasil Rosane Malta, ex-esposa de Fernando Collor, entrarão nesta segunda-feira (4) com um pedido de prisão do ex-presidente, hoje senador da República pelo Estado de Alagoas. O motivo é o atraso do pagamento pensão, que segundo a acusação já soma uma dívida milionária.

Segundo o Extra, os cerca de R$ 28 mil de pensão determinada pela Justiça para Rosane não foram depositados neste mês. Desde que o casal se divorciou, há 12 anos, os dois se enfrentam em litígio judicial. Em 2005, foi determinado o pagamento de uma pensão equivalente a 30 salários mínimos.

Mas segundo Rosane, Collor deve anos de pensão a ela, e o valor chega a cerca de R$ 1 milhão. O ex-presidente já chegou a ter bens penhorados para o pagamento da dívida, mas está com eles bloqueados pela operação Lava Jato.

Leia Mais

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *