A ameaça de vaias e desgaste político que sofreriam com as manifestações de professores grevistas da rede pública nesta segunda-feira (25) quando a sede do governo será transferida para o município de Cachoeira, afugentou os candidatos governistas à Prefeitura de Salvador, Nelson Pelegrino (PT) e Alice Portugal (PCdoB) do ritual anual. Já o governador Jaques Wagner (PT) e todos os secretários de governo, incluindo Osvaldo Barreto, da Educação, que participam das solenidades que iniciam às 8h30 e finalizam por volta das 15h, deverão ser os alvos dos protestos. O evento em Cachoeira funcionará como um preâmbulo do que pode ocorrer no 2 de julho.  A Tarde.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *