A produção de veículos no Brasil subiu 17,9% em julho, na comparação com o mesmo período do ano passado, afirmou nesta sexta-feira (4) a associação das montadoras (Anfavea).

Entre janeiro e julho, o avanço foi de 22,4%, com um total de 1,48 milhão de carros, comerciais leves (picapes e furgões), caminhões e ônibus.

Exportações em alta

A retomada das linhas de montagem foi impulsionada pelo crescimento das exportações de veículos. As vendas no Brasil subiram apenas 1,9% em julho, e 3,38% no ano.

Já os envios de veículos e máquinas agricolas montadas para fora do país registrou alta de 42,5% em julho, com 65,7 mil unidades.

Nos primeiros 7 meses do ano, o salto é de 55,3%, com 439,6 mil unidades ante 283,1 mil no mesmo período de 2016.

Em valores, as exportações somaram US$ 1,38 bilhão – uma alta de 46,8% ante julho de 2016. No acumulado até julho, a soma foi de US$ 8,79 bilhões.

Empregos

O total de empregados pelas fabricantes cresceu 0,2% de junho para julho, para 125,2 mil funcionários. No entanto, em relação ao ano passado o nível de emprego ainda é 1,3% menor no setor.

Expectativas

A Anfavea revisou as projeções para 2017 em julho. A estimativa de produção é de 2,61 milhões de unidades, o que indica uma alta 21,5% em relação a 2016.

A previsão para as exportações é de crescimento de 35,6%. A entidade prevê exportar 705 mil veículos e máquinas agrícolas no ano.

Só a estimativa de vendas no Brasil ficou inalterada em 2,067 milhão, com alta de 4% sobre 2016.

G1

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *