Por volta das 12h desta quinta-feira (26), a polícias militar e civil, após vários dias de investigação, estouraram uma “boca de tráfico de drogas”, localizada no Barro Vermelho, em uma casa onde os traficantes expulsaram o proprietário, obrigando-o a fugirem para a capital do estado, instalando ali, um depósito, e um ponto de distribuição de drogas que servia de esconderijo para marginais. Ao abordar a casa, os policiais foram recebidos à bala pelos elementos que faziam a segurança da boca, que fugiram em seguida, adentrando ao matagal.

Segundo informações da PM, foram presos no interior da residência Gilmar Malta Andrade, vulgo “Batatão”, 18 anos, residente no Andaiá, bairro onde comercializa a droga, e Diego Robson de Souza Santos, 20 anos.

Ainda de acordo com a polícia, Robson era um dos chefes do tráfico e estava escondido no referido imóvel, pelo fato de ter esfaqueado sua ex-companheira Edna Santana dos Santos, 41 anos, residente na quadra 07 do Conjunto Minha Casa Minha Vida no Cajueiro no dia 12 de abril deste ano. Com os traficantes foram encontrados 110 trouxas de maconha, 40 pedras de crack e 12 papelotes de cocaína, estando toda a droga pronta para ser comercializada. Um menor de iniciais D.S.F, de 14 anos, irmão de Diego, que estava na residência  também foi apreendido. Todos foram conduzidos pela PM do 14° Batalhão à delegacia, sendo os maiores de idade autuados em flagrante delito.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *