Quatro drones foram apreendidos durante operações conjuntas das polícias Militar e Civil resultaram nos três primeiros dias do Carnaval de Salvador no circuito Dodô (Barra/Ondina).

Dos quatro equipamentos, dois foram liberados, porque estavam com documentação em dia. Os outros estavam sem as liberações emitidas pelas Agências Nacional de Aviação Civil (Anac) e Nacional de Telecomunicações (Anatel).

“Além das irregularidades junto aos órgãos competentes, as aeronaves não possuíam autorização junto ao sistema de controle de acesso ao espaço aéreo, cedida pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea)”, explicou o coordenador do Centro de Controle Operacional da Polícia Civil no Carnaval, delegado Jorge Figueiredo.

Metro 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *