A assessoria do Palácio do Planalto confirmou no começo da tarde desta quarta-feira (25) que o presidente Michel Temer sofre “um desconforto” e foi consultado no próprio departamento médico do Palácio do Planalto. Segundo o Planalto, o médico de plantão “constatou uma obstrução urológica e recomendou que fosse avaliado no Hospital do Exército, onde se encontra para realização de exame e devido tratamento”. Segundo o secretário de Comunicação Social da Presidência da República, Marcio Freitas, Temer saiu “caminhando” do Palácio do Planalto para o Hospital das Forças Armadas em Brasília. No momento em que sentiu o desconforto, Temer participava da articulação para arquivar a segunda denúncia contra ele na Câmara dos Deputados.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *