Governador da Bahia, Rui Costa (PT) também assinou a carta endereçada ao ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun, nessa quarta-feira (27). No documento, os representantes das unidades federativas do Nordeste se uniram para protestar contra a declaração de que o governo pressiona gestores estaduais e municipais a trabalharem pela reforma da Previdência em troca da liberação de recursos em financiamentos de bancos públicos. “Não admito que a Bahia seja desrespeitada ou ameaçada por ninguém. Os interesses dos baianos sempre vão nortear o meu trabalho”, ressaltou Rui. O pronunciamento do petista foi feito na manhã desta quinta-feira (28) através do Twitter. Um trecho do texto enviado ao ministro de articulação política destaca ainda que os governadores não hesitarão em recorrer ao judiciário caso a ameaça feita por Marun se confirme (veja aqui). Na Bahia, o governo se mostra contrário à proposta de reforma política defendida pelo governo de Michel Temer (PMDB).

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *