A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro, o Ministério Público Estadual e o Ministério Público do Trabalho divulgaram comunicado, na noite desta terça-feira (19), informando que não houve acordo com o Flamengo para indenizar as famílias das 10 vítimas fatais do incêndio no Ninho do Urubu. De acordo com a nota, os valores apresentados pelo clube estão abaixo do mínimo razoável diante da enorme perda das famílias dos atletas.

 

Poucas horas depois, o Flamengo também emitiu nota alegando que ofereceu valores acima dos padrões. As instituições e o clube se reuniram na última segunda (18). O Rubro-Negro apresentou proposta de indenização e ouviu contraproposta com outros valores. A reunião era aguardada até a próxima quarta, data marcada para o encontro com familiares das vítimas.

BN

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *