O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, vai decidir, nesta sexta-feira (1º), sobre um pedido do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para suspender as investigações sobre as movimentações financeiras consideradas “atípicas” pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

Ao blog da jornalista do G1 e da Globo News, Andréia Sadi, o magistrado indicou que deve rejeitar o pedido da defesa do senador eleito. “O Supremo não pode variar, dando um no cravo outro na ferradura. Processo não tem capa, tem conteúdo. Tenho negado seguimento a reclamações assim, remetendo ao lixo”, disse Marcos Aurélio.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *