O cantor MC Livinho foi acusado neste sábado (27) por um funcionário de agressão. Em um relato nas redes sociais da empresa Áudio Mix Brasil, o operador de áudio, que teve o nome preservado, conta que foi agredido e insultado após um show na cidade de São Paulo.

No post, o funcionário afirma que foi chamado no camarim do cantor e que na frente da namorada, empresário e produtor, foi insultado por Livinho. “[Ele] disse que eu não sabia o que estava fazendo e começou a xingar do nada com vários palavrões.”

A briga teria começado porque o cantor não gostou da microfonia, que segundo o funcionário, estava sendo operada por um técnico da própria casa de shows, e não por ele.

Funcionário acusa MC Livinho de agressão (Foto: Reprodução/TV Globo)

Funcionário acusa MC Livinho de agressão (Foto: Reprodução/TV Globo)

O operador de som segue dizendo que pediu demissão e que afirmou que não era possível seguir trabalhando com o cantor: “esse desrespeito com palavras e com atitudes em cima do palco é inadmissível para mim”. Após ter respondido, o funcionário saiu e bateu a porta.

Depois da discussão as agressões físicas teriam começado. “Ele veio atrás correndo e me pegou na escada do camarim […] pelas costas, chutando e me agredindo com algo na mão.”

Neste domingo (28), Livinho publicou nas redes sociais um texto em que dizia ter “estilo gângster”, com “personalidade e carácter (sic)”.

Na publicação, o cantor afirmou: “não vou ferir ninguém quem não me fere, não vou ser injusto com quem é justo. Vou ser eu, MC Livinho, goste de mim assim ou não”.

A GR6 eventos, que faz assessoria de imprensa do cantor, afirmou que está apurando os fatos e que o jurídico da empresa já foi acionado.

Em publicação. Livinho afirma ter personalidade e caráter (Foto: Reprodução/TV Globo)

Em publicação. Livinho afirma ter personalidade e caráter (Foto: Reprodução/TV Globo)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *