Mais de 100 índios da tribo pataxó Hã hã hãe ocupam o Colégio Municipal José Onório, em Itaju do Colônia, cidade no extremo sul da Bahia, desde a terça-feira (29). O parque de exposições, um outro parque onde há provas de competições com cavalos e uma creche também foram ocupados.

De acordo com Ednaldo Martins, prefeito de Itaju do Colônia, as matrículas na escola invadida foram suspensas por conta do movimento indígena. Segundo ele, as matrículas começaram na segunda-feira (28) e as aulas estão previstas para após o carnaval.

A prefeitura também retirou todo o material que estava dentro da unidade de ensino por causa da ocupação. “Tiramos carteiras, computadores, fichas de alunos, documentos”, disse Ednaldo Martins.

Os índios alegam que a área onde foram construídos os parques, a creche e a escola pertence a eles e dizem que só vão desocupar os locais invadidos depois que a prefeitura retirar todos os moradores das áreas.

Segundo o prefeito de Itaju do Colônia, um pedido de reintegração de posse já foi encaminhado ao Ministério Público Federal em Ilhéus.

O chefe da Fundação Nacional do Índio (Funai) de Itaju do Colônia, Jovanildo Vieira, informou ao G1 que a área ocupada pelos manifestantes, localizada no bairro de Parque dos Rios, o mais populoso da cidade, é indígena. Vieira afirmou ainda que foi passado um relatório para a Coordenadoria Regional da Funai em Eunápolis, que vai avaliar a situação para tomar as providências necessárias.

Fonte: G1 Bahia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *