Pré-candidata à Presidência pela Rede, Marina Silva declarou ser contrária à privatização da Petrobras, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica.

A ex-ministra do Meio Ambiente criticou ainda a forma como o governo federal propôs a desestatização da Eletrobrás, que tramita na Câmara dos Deputados.

O discurso se contrapõe ao do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB), que já defendeu a desestatização da petrolífera.

Metro 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *