Marina Ruy Barbosa se pronunciou mais uma vez sobre a polêmica separação de José Loreto e Débora Nascimento, na qual ela é apontada pela boataria como pivô. No programa “Fofocalizando”, Leo Dias revelou parte da conversa que teve com a atriz, pelo telefone, na noite de segunda-feira (18). Segundo ele, Marina confirmou que chegou a planejar a festa para reunir o elenco da trama, mas desistiu. “Convoquei todo mundo em grupo no Whatsapp e no final do convite coloquei um celular com símbolo de proibido, para não fazerem vídeos e focar na festa, interação”, explicou a artista ao jornalista.

Ela disse ainda que cancelou a comemoração após passarem a Leo Dias a notícia de que iria ser proibida a presença dos respectivos cônjuges dos atores convidados: “Saiu que eu tinha convocado e proibido de levarem maridos e namorados, o que pra mim parecia uma suruba. Eu fiquei muito triste, mais com as pessoas daquele grupo por que alguém passou para você deturpando. Eu pedi para não focarem em filmar, fazerem vídeos”.

Chateada com a situação, ela cancelou a celebração, mas Marcello Novaes decidiu fazer em sua própria casa. “Marina disse que foi com Xandinho Negrão e foram vários atores, incluindo José Loreto com a Débora Nascimento. Estavam na festa, Loreto e Débora, no sábado passado. Leo, não tem porque eu mentir. Marcos Caruso e José Loreto são grandes amigos meus, eu lamento que a partir de agora vou ter que me afastar dele”, narrou o jornalista Leo Dias.

Por fim, Marina Ruy Barbosa colocou um ponto final na polêmica e voltou a afirmar que não teve parcela no término dos pais de Bella: “Não tive absolutamente nada com José Loreto. Não sei como estava a situação dele com ela, mas não sou a pivô e nem responsável pela separação”.

METRO 1

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *