O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), disse nesta quinta-feira (26) que o estádio do Maracanã será transformado em um hospital de campanha para tratar de pacientes com o Covid-19. A montagem deverá ser feita em até duas semanas.

“Toda essa logística está bem adiantada e deve ficar pronta em no máximo 15 dias”, afirmou em entrevista ao “Bom Dia Rio”, da TV Globo carioca.

Além do Maracanã, outros três pontos do Rio de Janeiro também serão transformados em hospitais. O Parque dos Atletas, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio; o antigo aeroclube de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense; e em São Gonçalo receberão unidades com 900 leitos. Elas devem ficar prontas em no máximo 15 dias.

De acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde de Estado do Rio de Janeiro, divulgado nesta quarta-feira (25), foram registrados 370 casos confirmados do coronavírus, sendo oito mortes. A capital fluminense contabiliza 331 pessoas com a Covid-19.

METRO 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *