A reunião da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara com o ministro da Economia, Paulo Guedes, foi encerrada, ontem (3), após uma discussão na qual o deputado Zeca Dirceu (PT-PR) afirmou que o titular da pasta é “tigrão” com uns e “tchutchuca” com outros. A frase, que faz referência a um funk do grupo Bonde do Tigrão, sugeriu que Guedes privilegia banqueiros e rentistas.

“Eu estou vendo que o senhor é tigrão quando é com os aposentados, com os idosos, com os portadores de necessidade; é tigrão quando é com agricultores, com professores. Mas é tchutchuca quando mexe com a turma mais privilegiada do nosso país. O cargo público que você ocupa exige uma outra postura”, afirmou Dirceu.

Guedes também reagiu. “Tchutchuca é a mãe, tchutchuca é a avó!”, revidou, ofendido.

Após o bate-boca, ocorrido por volta das 20h20, mais de seis horas após o início da sessão, a discussão continuou nos corredores.

Veja o vídeo:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *