A Fifa anunciou hoje (28) que o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) Ricardo Teixeira foi condenado a banimento perpétuo do esporte em decorrência de violações no código de ética.

De acordo com o comunicado, a câmara decisória do Conselho de Ética da entidade considerou Teixeira culpado pelo crime de suborno e decidiu pela proibição de exercer qualquer atividade ligada ao futebol. 

O ex-presidente foi ainda multado em R$ 1 milhão de franco suíços, o que corresponde a cerca de R$ 4,2 milhões. Cabe recurso da decisão.

METRO 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *