Empregados domésticos estão à margem de alguns pontos da reforma trabalhista. Apesar da sanção do texto, prevalecem dúvidas, inclusive no próprio governo, sobre se e como serão adotadas novas regras para a categoria. Uma das grandes questões é como aplicar a grande novidade da reforma: permitir que alguns pontos negociados em acordos coletivos se sobreponham à legislação. Segundo a lei, essa negociação só pode acontecer entre sindicatos de patrões e empregados. No trabalho doméstico, porém, não há organização dos empregadores. Técnicos do governo estão debruçados sobre esboços para a regulamentação de pontos da reforma trabalhista que começa a vigorar em 11 de novembro. Nesse trabalho, há dúvidas sobre como serão adotadas muitas das novidades previstas na lei. Nas reuniões entre a Casa Civil e o Ministério do Trabalho, foram encontradas até algumas contradições no texto sancionado pelo presidente Michel Temer e há temas em que o projeto peca pela falta de clareza sobre como acontecerão as mudanças. Por enquanto, prevalece o entendimento de que novidades como a possibilidade de troca do dia de feriado ou o novo contrato intermitente (modelo em que um trabalhador pode ser contratado por hora ou para cumprir uma atividade específica) poderão ficar de fora do universo do trabalho doméstico. Isso pode acontecer porque essas mudanças precisam passar pelo crivo ou ter parâmetros estabelecidos em acordo coletivo. Segundo a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), tais acordos só podem ser assinados pelos sindicatos dos empregadores e dos trabalhadores. Empregados domésticos têm representação sindical, mas os patrões não contam com entidade representativa. O banco de dados do Ministério do Trabalho mostra que há 36 sindicatos ativos de trabalhadores domésticos no País. Do lado dos patrões, no entanto, apenas três entidades representam os empregadores: um sindicato na capital paulista, outro em Campinas e um terceiro no Paraná. Todas as demais unidades da Federação não contam com representação ativa dos empregadores, o que inviabilizaria o fechamento de acordos coletivos. Além da falta de representação patronal, as entidades existentes têm baixa representatividade. Criado em 1989, o Sindicato dos Empregadores Domésticos do Estado de São Paulo, por exemplo, conta com apenas cerca de 200 associados – universo ínfimo em uma categoria que geralmente tem um empregador para cada empregado. A própria existência desses sindicatos patronais é questionada no mundo jurídico. O coordenador nacional de promoção da liberdade sindical do Ministério Público do Trabalho, João Carlos Teixeira, lembra que o conceito de “categoria econômica” citado pela CLT para criação de entidades patronais trata de uma característica comum entre agentes com os mesmos objetivos econômicos. “Qual é o interesse econômico entre empregadores, já que essa atividade não aufere lucro?”, questiona o procurador. Para Teixeira, a dificuldade de regulamentar pontos da reforma trabalhista era esperada, já que o texto aprovado “apresenta muita incongruência jurídica e fere não só a Constituição como algumas convenções internacionais”. Apesar da dúvida sobre alguns pontos, a reforma não altera algumas possibilidades de acordo individual já previstas na legislação do trabalho doméstico, como a jornada de 12 horas trabalhadas com 36 de descanso ou a redução do intervalo de almoço para 30 minutos – novidades também previstas na reforma trabalhista. Procurado, o Ministério do Trabalho não respondeu sobre a futura regulamentação da reforma, nem sobre incongruências do texto. O Sindicato dos Empregadores Domésticos de São Paulo também não respondeu ao pedido de entrevista.

  1. perfect design thanks missouri ginseng prices 2019 Stop-and-frisk has been around for decades in some form, but recorded stops increased dramatically under the Bloomberg administration to an all-time high in 2011 of 684,330, mostly of black and Hispanic men. The lawsuit was filed in 2004 by four men, all minorities, and became a class action case.

  2. Enter your PIN can you take abilify and cymbalta together “Pretty much every time I play golf, they always want to check my clubs for pine tar. If I’m playing with strangers or in a pro-am or some type of celebrity tournament, the gallery at every hole brings it up. It’s kind of funny the first couple of holes, but after a while it gets old. And of course, that’s what I’m known for. It could be worse.”

  3. Have you seen any good films recently? jeu de mot viagra The Affordable Care Act will make it possible for people to buy insurance who could not previously afford it, particularly those with chronic medical conditions. The average subsidy for a family to buy coverage on the exchange will be $2,672, which would reduce the cost of buying insurance by 32 percent, according to a report issued last week by the Henry J. Kaiser Family Foundation.

  4. I really like swimming viagra supply australia Saudi Arabia is building the world’s largest desalination plant in Ras al-Khair on the Gulf coast, but the GCC is increasingly concerned that the waters of the Gulf may become undrinkable if there are any leaks from energy installations into the water lying between the Arabian Peninsula and Iran.

  5. This is the job description pro supps isolate NEW YORK/LONDON, Sept 13 (Reuters) – The dollar and U.S.Treasury yields fell on Friday after weak U.S. data on retailsales and consumer sentiment, while gold was headed for itsworst week in two months on reduced concern about a potentialstrike on Syria.

  6. It’s funny goodluck salbutamol sirup shqip “That was one of the things that kept us back for a while,and there was a decision (internally) around ‘do we need to berated’ as ratings are a one-way street – once you rate, you arestuck with the story forever,” he told reporters on thesidelines of a renewables event in Dubai.

  7. I never went to university vimax canada side effects She wrote a couple of French cookery books. “It was a great learning experience, but after that I didn’t want to work with the French any more. British cookbooks are exported around the world, translated into many languages. Look at Jamie, look at Nigella. That doesn’t happen to French cookery writers.”

  8. Have you got any qualifications? fedex pattaya phone number This comes from our ad serving technology and is used to track how many times you have seen a particular ad on our sites, so that you don’t just see one advert but an even spread. This information is not used by us for any other type of audience recording or monitoring.

  9. What do you want to do when you’ve finished? ofloxacin dose tb With increased sales comes increased scrutiny about the useof substances like perfluorooctanoic acid (PFOA), which is usedto make clothing stain and water-resistant – a big selling pointfor makers of outdoor clothing.

  10. My battery’s about to run out synthroid bula The dollar had risen on the data, which drove expectationsthat the Fed would start to scale back its assets purchases thisyear. But the Fed announcement trimmed most of those gains,though the U.S. currency remained higher against the yen.

  11. Hey there this is kinda of off topic but I was wondering if
    blogs use WYSIWYG editors or if you have to manually code with HTML.
    I’m starting a blog soon but have no coding experience so I wanted to get advice
    from someone with experience. Any help would be greatly appreciated!

  12. Woah! I’m really enjoying the template/theme of this blog.
    It’s simple, yet effective. A lot of times it’s difficult to get
    that “perfect balance” between usability and visual appearance.
    I must say that you’ve done a fantastic job with this.

    In addition, the blog loads very quick for me on Safari. Outstanding Blog!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *