Em mais uma tentativa de emplacar uma agenda positiva (veja mais abaixo neste neste texto), o governo anunciou nesta quarta-feira (4), em cerimônia no Palácio do Planalto com o presidente Michel Temer, medidas para incentivar micro e pequenas empresas.

A principal delas é a Semana Nacional do Crédito, que ocorre ao longo de outubro e vai disponibilizar R$ 9 bilhões em crédito por meio de sete instituições financeiras, informou o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

A medida prevê:

  • R$ 8 bilhões em novos empréstimos a micro e pequenas empresas;
  • R$ 1 bilhão em dívidas que poderão ser renegociadas também por pequenos empresários.

De acordo com o ministério, o governo federal pediu aos bancos esse incentivo ao setor.

Alusiva ao Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa, que é celebrado nesta quinta (5), a cerimônia também destacou o Portal do Empreendedor (www.portaldoempreendedor.gov.br), que foi reformulado para facilitar o cadastro dos Microempreendedores Individuais (MEI) junto ao governo federal.

O novo portal, segundo o MDIC, permite acesso por meio de dispositivos móveis, como aparelhos celulares e tablets.

Ao anunciar as medidas no Planalto, o ministro da Indústria e Comércio, Marcos Pereira, destacou a importância das micro e pequenas empresas no esforço para retomada da geração de emprego.

“Mais de 20% dos pequenos empreendedores afirmam que pretendem contratar nos próximos 12 meses. As MEI representam 98% do total das empresas privadas do Brasil e mais da metade dos empregos formais”, disse o ministro.

Instituição Amiga do Empreendedor

O MDIC e o Ministério da Educação também anunciaram a expansão do programa Instituição Amiga do Empreendedor (IAE), cujo objetivo é qualificar empresários de pequeno porte.

Instituições de ensino superior poderão aderir ao programa pelo site www.iae.mec.gov.br. A expectativa do governo é credenciar 500 instituições e atender 100 mil empreendedores até final de 2018.

Mais cedo, Temer destacou nas redes sociais o dia da micro e pequena empresa. O presidente registrou que os micro e pequenos empresários “representam mais de 98% das empresas brasileiras, 27% do PIB e são responsáveis por quase 60% do emprego”.

G1

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *