O canoísta baiano Isaquias Queiroz vai deixar de competir em provas nas quais é campeão mundial para focar na conquista da medalha de ouro na Olimpíada de Tóquio, em 2020. O atleta busca a premiação máxima nos 1 mil metros da canoa individual (C1) e canoa dupla (C2).

No último dia 25 de agosto, Isaquias participou do Mundial de Canoagem, em Portugal, e conquistou a medalha de bronze na C1 de 1 mil metros. Já na C1 de 500 metros, que não é modalidade olímpica, o atleta foi medalha de ouro e se tornou tricampeão.

METRO 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *