Com 961 inquéritos policiais instaurados no primeiro semestre de 2012, 87% a mais do que em igual período no ano passado, o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil da Bahia, tem agilizado a elucidação de assassinatos em Salvador. Entre janeiro e junho deste ano, 100 pessoas foram presas, representando um aumento de 69,5% em comparação ao primeiro semestre de 2011, quando 59 prisões foram efetuadas na capital. No mesmo período, foram remetidos ao Ministério Público 297 inquéritos, 131 deles com indicação de autoria ou indiciamento, o que representa um volume de elucidação de quase 44,1%. Houve ainda nos primeiros seis meses de 2012, o cumprimento de 75 mandados de prisão, contra os 12 cumpridos pela antiga Delegacia de Homicídios, que funcionava no Complexo dos Barris, e o DHPP (inaugurado em abril) entre janeiro e junho de 2011 – um incremento de 525%. O aumento no número de mandados expedidos também é expressivo: 146 no primeiro semestre deste ano e 48 em igual período no ano passado, numa diferença de 204,17%. Cento e trinta e um inquéritos com indicação de autoria de homicídios ou indiciamento foram remetidos à Justiça entre janeiro e junho de 2012, contra os 81 remetidos no primeiro semestre de 2011 (crescimento de 61%). (Politica Livre)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *