As dietas milagrosas são os carros chefe de muitos sites voltados para o emagrecimento rápido. Vende-se o sonho da perda de peso no curto prazo e com o mínimo de sacrifício, tornando-as possibilidades mais viáveis, aceitáveis e assertivas para os leitores. A dieta do ovo é uma das mais pesquisadas na internet e também uma das mais praticadas por quem quer perder peso.

O ovo é um alimento muito nutritivo composto majoritariamente por água, proteínas e gorduras (lipídios). Ainda, de acordo com a EMBRAPA, ele não só é rico em proteínas, mas apresenta as de melhor qualidade, contendo uma boa quantidade de aminoácidos essenciais à nutrição humana.  Por apresentar essas características, foi popularizado como um superalimento e deu origem à dieta que propõe o seu consumo mais frequente.

 

Funcionamento

A dieta do ovo é uma dieta restritiva que consiste na inclusão de ovos cozidos ou fritos (em azeite ou óleo de coco) antes das refeições do dia a dia, de forma a diminuir as calorias ingeridas, principalmente os carboidratos. Além disso, busca melhorar a ingestão de gorduras boas e a diminuição dos açúcares, introduzindo normalmente uma fruta cítrica à algumas refeições.

Um ovo grande contém aproximadamente 74 quilocalorias, um valor considerado baixo quando comparado aos outros alimentos. Este superalimento provoca também maior saciedade, que dura por períodos maiores e diminui a quantidade de alimentos ingeridos, fatores que têm destaque nessa dieta por favorecer o emagrecimento.

O período de duração incentivado por nutricionistas é de no máximo 14 dias ininterruptos. No caso de extensão da doença por períodos mais longos, a dieta pode provocar efeitos negativos ao organismo.

 

Benefícios

Dietas são muito próprias de cada indivíduo. Cada organismo apresenta uma necessidade única bem como uma absorção de substâncias singular. Dessa forma o acompanhamento de um profissional, como um nutricionista, é essencial.

Quando feita da maneira correta e adequada a dieta do ovo pode ter impactos positivos no corpo e auxiliar no emagrecimento, principalmente quando aliado à atividade físicas. Alguns dos benefícios do ovo são:

  • Melhora a construção e manutenção dos músculos
  • Diminuição de açúcares no sangue (diabetes)
  • Fonte de vitaminas, proteínas essenciais e minerais

Porém, quando realizada sem acompanhamento médico, a dieta pode provocar danos sérios ao indivíduo.

 

Riscos

Mesmo apresentando ótimas propriedades, todo alimento em excesso pode gerar problemas e desequilíbrios no organismo e não contribuir para uma vida saudável. A ingestão exagerada de ovos pode provocar:

  • Aumento do Colesterol
  • Aumento do Ácido Úrico
  • Perda de Cálcio pelos ossos
  • Aumento da probabilidade de incidência de Cálculos Renais

Além disso, o carboidrato é a fonte primária de energia do organismo e sua ausência (ou baixa ingestão) pode provocar outros efeitos colaterais no corpo como as tonturas, a fraqueza, o cansaço e as dores de cabeça. É essencial manter-se atento à esses sintomas e em casos de agravamento é necessário encaminhar-se ao médico.

A fim de evitar qualquer problema de grandes proporções, o acompanhamento por um nutricionista para que o balanceamento de nutrientes seja feito de forma equilibrada para o organismo da pessoa que deseja executá-la é necessário e essencial.

Cuidado!

Toda dieta apenas será benéfica caso seja voltada à alimentação saudável. Manter-se longe de alimentos muito gordurosos ou açucarados e continuar com uma dieta balanceada é imprescindível para evitar o efeito sanfona, emagrecimento e ganho de peso em curtos períodos de tempo, já que esse estado traz impactos negativos ao organismo.

A dieta do ovo, por sua vez, não é contínua, durando até 14 dias. Dessa forma, recomenda-se o início à uma reeducação alimentar para evitar o ganho de peso e consequentemente a perda dos resultados conquistados.

É importante destacar que o consumo de ovos é uma alternativa viável à quem quer emagrecer rápido, mas essa dieta somente será válida e benéfica caso seja realizada com acompanhamento médico, que deverá ser notificado no caso de aparecimento de sintomas voltados ao mal estar.

Para a potencialização dos efeitos da dieta, os exercícios físicos são recomendados para conquistá-los mais rapidamente e além disso, melhoram a respiração, a circulação e reduz o estresse, colaborando para uma vida mais saudável.

Colaboração: Planos Odontológicos BH

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *