Em 2012, a Bahia já registrou 41.913 casos de dengue entre 1º de janeiro e 19 de maio, segundo o último boletim divulgado pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). De acordo com o órgão, houve um aumento de 11,8% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 37.465 casos foram notificados. Mas, além do crescimento, outro fator que vem preocupando  os epidemiologistas da Sesab é o avanço do tipo 4 da doença, em substituição ao tipo 1.

O boletim demonstra a circulação de quatro sorotipos virais de fevereiro de 2011 a maio de 2012. No início do ano passado, o tipo 4 não apresentava incidência significativa, nunca ultrapassando a marca de 10% dos casos. Contudo, a partir de maio de 2011, a variação do vírus começou a avançar e hoje corresponde a mais de 80% dos casos.

O risco de epidemia é considerado pela Sesab. Entretanto, a coordenadora do Comitê Estadual de Controle da Dengue, Jesuína Castro, afirma que a tendência é a redução do número de ocorrências. “Já passamos do pior período, do ponto de vista da quantidade. A maior transmissão da doença ocorre entre outubro e maio, em razão da temperatura estável. (Correio)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *