Em uma conversa com a imprensa brasileira que está em Las Vegas , nesta quarta-feira (23), para cobrir o UFC 146, o presidente da organização, Dana White, revelou os planos de levar cada vez mais o evento para o Brasil, classificando o país como “mina de ouro”.

– Temos grandes planos para o Brasil, como ter sete eventos por ano lá, edições do TUF todos os anos daqui para frente e abrir um escritório no país assim que foi possível – revelou.

E uma dessas sete sedes poderá ser Salvador. Em 2011, Lorenzo Fertitta, um dos três sócios da marca UFC, esteve na Governadoria e se reuniu com os secretários estaduais do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos, de Comunicação Social, Robinson Almeida, de Assuntos Internacionais, Fernando Schmidt, e o superintendente de Desportos, Raimundo Nonato. Na ocasião, foi apresentado um projeto para receber o UFC, que, na época, seria o de número 134, que acabou acontecendo no Rio de Janeiro.

Em julho, Belo Horizonte será a segunda cidade a receber o UFC no Brasil. A capital mineira sediará a revanche entre Wanderlei Silva e Vitor Belfort e a final do reality show The Ultimate Fighter.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *