A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, quer revisar os projetos de cooperação internacional do Ministério de Direitos Humanos.

“Será que não tem institutos brasileiros bons que podem fazer esses projetos? Todo mundo achava que a Unesco trazia dinheiro para a gente. Não! A gente dá dinheiro para a Unesco. Quero muito rever essas cooperações”, disse à coluna de Guilherme Amado, na revista Época.

Segundo a publicação, nos últimos três anos, a pasta desembolsou mais de R$ 26 milhões com esses projetos.

METRO 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *