No próximo domingo (11), os mais de 5,5 milhões de inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 vão realizar o segundo dia de provas, reservado às questões de ciências da natureza e suas tecnologias e matemática e suas tecnologias. Os candidatos terão até cinco horas para resolver as 90 perguntas, 30 minutos a mais do que o tempo disponível no ano passado.

O comparecimento é recomendado até mesmo para os estudantes que não foram ao primeiro do exame. Além de servir como um treinamento para edições futuras do Enem, a presença em pelo menos em um dos dois dias de provas é fundamental para que os estudantes com direito à isenção da taxa de inscrição não precisem pagar para fazer o Exame em 2019.

Os candidatos que faltarem aos dois dias terão que apresentar uma justificativa de ausência para manter o direito à gratuidade no ano que vem. Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 24,9% dos participantes (mais de 1,3 milhão de pessoas) faltaram ao primeiro dia de provas, o menor percentual desde 2009.

Para as provas da segunda etapa, as principais orientações dadas aos candidatos seguem valendo. É essencial ficar de olho no relógio, uma vez que o Enem será aplicado em quatro fusos horários diferentes. Os horários de abertura e fechamento dos portões, de início e encerramento das provas, são iguais aos do primeiro dia do exame, assim como o local de realização da prova.

Também é importante que o participante não esqueça de levar um documento oficial de identificação com foto, que pode ser a carteira de identidade expedida por secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar ou Polícia Federal; a Carteira de Trabalho e Previdência Social; o Passaporte; a Carteira Nacional de Habilitação, ou a Identidade Funcional com fotografia.

Os candidatos também devem levar caneta de tinta preta revestida por material transparente. É recomendado levar o Cartão de Confirmação de Inscrição impresso, uma vez que ele reúne informações como o local de prova e a opção de língua estrangeira escolhida, entre outros dados específicos de cada participante.

É proibido entrar na sala de prova com borracha; caneta de material não transparente; corretivo; dispositivos eletrônicos (calculadoras, celulares, smartphonestabletsipods, gravadores, pen drives e relógios, por exemplo); fones de ouvido ou qualquer transmissor, gravador ou receptor de dados imagens, vídeos e mensagens; impressos e anotações; lápis; lapiseira; livros e manuais.

Além disso, é importante que o candidato se alimente de maneira equilibrada antes do exame, para evitar transtornos durante as provas. Recomenda-se ainda que o estudante beba água e coma frutas para manter o foco e a energia. Uma boa noite de sono também é fundamental para manter a concentração nas questões.

Fonte: Governo do Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *