A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) recomendou nesta sexta-feira (17) a soltura dos deputados Jorge Picciani, Edson Albertassi e Paulo Melo, todos do PMDB . O parecer pela libertação do trio foi aprovado pelo colegiado, por 4 votos a 2. A prisão dos parlamentares foi decretada na quinta (16) pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) (leia aqui). A sessão de votação ocorreu a portas fechadas. Além de revogar as prisões, a Comissão também pediu que os mandatos dos deputados sejam retomados. O parecer será apreciado ainda na tarde desta sexta pelo plenário da Casa. Para que ele seja confirmado, são necessários 36 votos. Uma decisão do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) ordenou que a Alerj não poderá começar caso o acesso de servidores seja proibido.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *