De acordo com a Classificação Mundial de Liberdade de Imprensa, divulgada pela organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF), em um ranking dos 180 países com mais liberdade de imprensa, o Brasil ocupa, este ano, a posição 102.

Segundo a organização, as dificuldades são agravadas pela falta de um mecanismo nacional para a proteção dos profissionais da mídia e por um clima de impunidade alimentado pela corrupção.

Para a ONG, a pressão e as ameaças aos profissionais da mídia vem sendo encorajadas abertamente em todo o mundo por líderes políticos que, cada vez mais, tentam desacreditar o papel dos meios de comunicação, identificando os jornalistas como adversários e recorrendo ao abuso verbal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *