Com o objetivo de beneficiar estudantes de universidades estaduais, o governo da Bahia deve começar a cobrar de instituições privadas pelo acesso dos estudantes na rede pública de saúde para programas de estágio. De acordo com o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, a alteração deve ter validade a partir de 2018.  Vilas-Boas acrescentou ainda que os recursos obtidos a partir da iniciativa devem garantir parte do investimento em capacitação e contratação de novos preceptores, que devem atuar nos hospitais, além da ampliação do número de bolsas de residência na área. 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *