Uma das primeiras notícias veiculadas depois que a desembargadora Maria do Socorro Barreto assumiu a presidência do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) foi sobre ela passar a alisar o cabelo para assumir o cargo. Quase dois anos depois, em seu fim de gestão, a presidente apareceu na eleição da Corte nesta quinta-feira (16) com os cabelos soltos e cacheados. Em seu discurso de posse, em fevereiro do ano passado, Socorro contou que foi incentivada pelo colega Mário Alberto Hirs, a “disciplinar” os “cabelos esvoaçantes”. “Mais rígido que o maior dos censores, enclausurou os meus cabelos antes tão esvoaçantes e agora dolorosamente confinado”, disse, na ocasião (veja aqui).

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *