Diversos materiais ilícitos foram encontrados na última sexta-feira (5) durante uma operação de revista geral em celas do anexo 1 da Cadeia Pública de Salvador (CPS), no Complexo Penitenciário da Mata Escura. Entre os objetos encontrados pelos agentes penitenciários estão 40 celulares, 11 facas, um facão, dois baldes de fumo (“pacaia”) e uma quantidade de uísque. De acordo com o Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (SINSPEB), a unidade abriga 1.228 detentos, tendo sete raios (pavilhões) e um prédio denominado anexo – a vistoria aconteceu em apenas em um raio. Quinze agentes trabalham na CPS por plantão. “As revistas são feitas de forma constantes no sistema prisional, mesmo assim, é recorrente e cada vez mas volumosa a apreensão de armas, drogas e celulares em poder dos presos. Especialmente na Cadeia Pública de Salvador, os arremessos por sobre as cercar acontecem diuturnamente. A Polícia Militar não consegue impedir a aproximação dos criminosos que acessam o complexo prisional pela mata que a circunda. Não há qualquer barreira que separe os bairros vizinhos (Mata Escura, Sussuarana, Pau da Lima, São Marcos, Jardim Cajazeiras) das unidades do Complexo Prisional”, afirma o Sinspeb.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *